REBRATS
Sistema de Informação da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde
 Sociedade | V-2.0.4

Detalhe do Estudo Concluído

Nº : 357
Data de Cadastro: 30/01/2012
Título: REVISÃO DE INTERVENÇÕES PARA REDUÇÃO DA MORTALIDADE MATERNA E NEONATAL
Ano: 2011
Coordenador do estudo: Álvaro Nagib Atallah
Equipe de pesquisadores: Não disponível
Tipo de financiamento: Publico
Fonte de financiamento: MS/SCTIE/DECIT
Tecnologia avaliada: Tratamentos clínicos (preventivos ou curativos) que pudessem resultar em redução da mortalidade materna e mortalidade neonatal.
Objetivo do estudo: Fazer uma revisão das revisões sistemáticas que avaliaram intervenções clínicas que podem colaborar para a redução da mortalidade materna e mortalidade neonatal.
População do estudo: Mulheres grávidas em geral (não selecionadas). Recém nascidos em geral, de qualquer idade gestacional, sem malformações.
Tipo de estudo: Revisão sistemática
Desfechos: Mortalidade materna e Mortalidade neonatal
Tipo de estudo incluido: Revisões Sistemáticas
Estratégia de busca: Identificação das RS pertinentes listadas no catálogo da Biblioteca de Saúde Reprodutiva da Organização Mundial da Saúde. Identificação de todas as RS na área de Saúde Materna classificadas como benéficas, possivelmente benéficas ou com algum benefício na 12ª edição da Biblioteca de Saúde Reprodutiva da Organização Mundial da Saúde, 2011 (Reproductive Health Library – RHL, World Health Organization). Identificação de RS pertinentes realizadas pela Colaboração Cochrane até o presente. Identificação na última versão da Biblioteca Cochrane (Issue 2, 2011) todas as RS que tivessem incluído MM como um dos seus desfechos e que ainda não tivessem sido listadas na RHL.
Processo de Seleção dos Estudos: Foram incluídas nesta síntese apenas revisões sistemáticas que identificaram intervenções clínicas com algum potencial para redução da MM e MN independente da magnitude deste efeito. Intervenções de políticas ou intra-estruturas de saúde pública não foram abordadas nesta revisão, cujo foco foi apenas intervenções clínicas.
Métodos de extração e análise dos dados: Não informado
Avaliação crítica dos estudos: Não informado
Síntese dos dados quantitativos: Ver artigo na íntegra
Classificação por agravo: Causas externas de morbidade e mortalidade
Doenças infecciosas e parasitárias
Transtornos mentais e comportamentais
Natureza da tecnologia: Procedimentos médicos e cirúrgicos
Natureza de aplicação da tecnologia: Prevenção

Formulário com erros. Corrija os erros abaixo e envie novamente

Este estudo está aguardando a avaliação do Comitê Editorial da REBRATS.

Coordenação-Geral de Avaliação de Tecnologias em Saúde - CGATS
Departamento de Ciência e Tecnologia - Decit/SCTIE/MINISTÉRIO DA SAÚDE